quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

Na minha mão a morte é certa

Acho que vou parar de criar peixes. Não quero mais vê-los morrendo e ter que desejar a sua morte para que deixem de sofrer, para que termine de vez a agonia. É triste desejar isso pro ser que de certa forma me deixou feliz por diversas vezes.

Há horas em que falo e é como se eu não me magoasse mais, mas é mentira. Para cada peixe que sai do aquário morto um sentimento de tristeza se forma.

E agora... Agora eu olho para aquele quadrado vazio.

Pedrinhas, água, uma plantinha de verdade, mas ele não está lá. Oh, ele não está lá não!










Até onde uma música pode te influenciar? Até que ponto ela pode determinar um ato seu?

3 comentários:

Arinalva disse...

ai lena q triste,
seu peixinho morreu foi?

Arinalva disse...

lena sua cara é a base de óleo de peroba né? qd eu volto a participar dos blogs vc n posta nada de novo no loucura, assim n dá rsrsrsrsrs, deixei um recado p vc no meu blog (respondendo ao seu coment) :D

HBMS disse...

oh sim sim.. mas já faz uns dias =/
ele tva meio down..