domingo, 1 de março de 2009

Um cálice de poesia.

Eu já cansei de pensar que ninguém vai me entender.

Já faz um tempo que venho tentando me encontrar nesse planeta; sonhando sozinha, andando por aí.



Me encanto com a sensibilidade das pessoas que vejo.Um mundo que se resumia a pedras e vento seco agora se enche de luz, remanescente da alegria de encontrar por algum acaso a poesia que transborda dessa gente.



Um gesto,


Um olhar,


Um beijo - suave e progressista,


Um mundo,


Um caminho,


Um cálice de poesia, simplicidade e beleza.


Uma beleza grotesca e rústica daqueles que se descobrem aos poucos, imaginando, quem sabe, de qual mundo vieram ou porque lhes foram dados olhos que encontram magia e perplexidade em todas as direções.




Tudo possui um encanto, é apenas uma questão de simplicidade do espírito.





'Andando na rua encontrei um cálice de poesia que transbordava à medida que via os sonhos caminhando incessantemente em busca de si mesmo.








Toda flor tem seu cálice, sua taça, seu copo de leite.


6 comentários:

Debby disse...

simplesmente amei *--*

daygrint disse...

nossa, já se foram tantos post, e eu atrasei o_o
"Tudo possui um encanto, é apenas uma questão de simplicidade do espírito."
simplesmente amei *--* [2]

bravo bravo ;D

Camila Lispector disse...

"Toda flor tem seu cálice, sua taça, seu copo de leite."
Espero dele beber para obter mais leveza de espírito!!!
Simplesmente amei[3]

Avassaladoras Rio disse...

Querida amiga avassaladora...
Gostei da frase de Proust, apesar de ter sido atormentado, tocava o mundo invisivel das palavras.
O texto está otimo, por conta disso, voltaremos mais vezes e vamos seguir voce!
Que tal parceria de troca de link e/ou banners?
venha nos visitar tb.

Arinalva disse...

adorei :)

Guilherme disse...

hahaha
muito bom, mesmo

poe umas rimas ae, fica melhor ainda