terça-feira, 9 de setembro de 2008

Desabafo do autor...

Quanto mais a pessoa reclama mais a mente trabalha, pelo menos para criar mais reclamações.


Uma praia. Poderia ser em uma praia ou em qualquer outro lugar.

Quem sabe no deserto com suas grandes dunas ou na praça com seus bancos e pombos.

Mas acabou acontecendo no tal quarto com grande janela.

A qualquer hora coisas acontecem, mas sempre que é noite causa mais temor, mais tristeza e mais saudade da luz do sol que mesmo sem querer sempre afasta a maioria dos medos.

A lua já estava alta no céu acompanhada da escuridão.

Embaixo dos lençóis uma criatura humana escondia seu corpo e mente das suas próprias invenções.

Coisas impossíveis serão realmente improváveis de acontecer?

Enquanto não olhava para a janela sabia perfeitamente que havia ali algo a lhe observar. Algo que balançava as cortinas junto com o vento e repuxava seu pescoço.

Além do limite em que os tais olhos deveriam estar passou um avião com um quase extinto facho de luz a sua frente. Olhos fixos à janela.

Nas noites mais escuras até as coisas simples viram filme de terror.

Quando o medo é grande o estômago vira, a cabeça pesa, um frio corre pelo corpo como se um grande cubo de gelo estivesse sendo formado em torno e não importa o que faça se não tiver que proteger alguém o medo consumirá por completo.

Do lado de fora próximo ao vidro um pequeno buraco se formava no ar.

A janela havia emperrado e da pista um homem alto e coberto por um grande pano vermelho brilhante vinha na direção. Não fechava. Os olhos pareciam agora mais nítidos e brilhantes mesmo não sabendo onde estavam, até porque pareciam ser invisíveis.

Encostou-se ao lado da janela. O medo estava se apossando. E o espaço da fissura no ar para o vidro se tornara ínfimo. Restava agora tomar cuidado, debruçar significaria cair. Cair?


Não sabia como via tudo isso se estava embaixo das cobertas.

Talvez sejam seus próprios olhos, os olhos da alma ou do mundo dos sonhos.


...escrever seria o pior vício se não fosse tão louvável...

3 comentários:

Danielle disse...

ahh Helena...
vc sabe q eu não parei de acompanhar seu blog, até pq vc faz ótimos textos neh?
Além do mais não iria parar de ler um blog q eu insisti pra ser feito =]

*[u.ù já cansei de escrever e apagar xP, se é q vc me entende o.o]*

Debby disse...

^^> não sabia q estava na conta da Danni

HBMS disse...

GaaooOoo pra vc tbm =P

^^v
eu entendi sim a parte do escreve/apaga xD isso é uma merda ^^"
[lulu]

eu realmente achei q vc nao tva mais lendo x]
[lulu]
deixemos de delongas.., mas vc fez uma overdose de comentários =D
\o/

auheuhaeuhaueha