segunda-feira, 3 de outubro de 2011

Essa tempestade

"Essa tempestade da qual nós somos feitos, que circula dentro de nós, no nosso sangue constituído de índios, europeus e africanos. Essa impetuosidade cruel que a colonização deixou nos nossos pequenos gestos do cotidiano, como naquele chamar o homem ou a mulher que nos serve um café. Essa alegria contagiante que adoça nossas dores materiais. Essa coragem debochada nos ardores sensuais. Esse fazer do trabalho apenas um parêntese na importância da vida, porque sonhar é melhor. Esse povo que somos nós, esse povo brasileiro que faz essa tempestade no mundo."

Claudio Bernardo
Coreógrafo



''A antiguidade é coisa nova
Nós somos uma contemporaneidade dos milênios.''
Saint-Beuve



Um comentário:

Arinalva disse...

Tanto tempo sem visitar o loucura. Tá de visual novo, adorei *-*
bju

www.mademoisellebahia.blogspot.com